Palestra: "O que é comunicação alternativa?" - TICTAG

Blog

11 nov, 2019

Palestra: “O que é comunicação alternativa?”

Crianças e adultos com ausência da fala precisam de uma alternativa para se comunicar, em prol da inclusão cada vez mais afinada a cada necessidade. Para orientar a respeito, o Centro de Excelência em Recuperação Neurológica (CERNE) promove a palestra gratuita “O que é comunicação alternativa?” dia 14 de novembro.

Com cerca de uma hora de duração, o evento ocorre em dois horários: às 9h e às 15h, no CERNE Curitiba (Av. Arthur Bernardes, 1.385). O evento é aberto aos pais e responsáveis dos pacientes do CERNE e também a toda a comunidade, como professores e pedagogos, com entrada franca.

A fonoaudióloga Edineia Barreto trará diversas formas para a introdução da comunicação alternativa, que pode envolver o uso de figuras, fichas, entre outros recursos.

Serão tratadas abordagens de intervenção comprovadas cientificamente, como a Análise Aplicada do Comportamento (ABA), o Método  TEACCH: (Tratamento Educação para Autista), que também pode ser usado para crianças com déficits relacionados à comunicação. Outro sistema é o de Comunicação por Troca de Imagens (PECS) e a Comunicação alternativa apoiada e não apoiada.

Sobre a palestrante

Edineia Barreto é fonoaudióloga e pedagoga com especialização em motricidade orofacial e disfagia, alfabetização e letramento, com atuação na reabilitação Neuroauditiva SENA, Implante Coclear, Método TEACH e ABA.

SERVIÇO

Palestra: “O que é comunicação alternativa?”
Data: 14 de novembro
Horário: às 9h e às 15h
Local: CERNE Curitiba – Av. Arthur Bernardes, 1.385
Entrada franca (sem necessidade de inscrição)

Sobre o CERNE – O Centro de Excelência em Recuperação Neurológica conta com uma equipe multiprofissional, composta por fisioterapeutas, fonoaudióloga, musicoterapeuta, psicóloga, terapeuta ocupacional, psicopedagoga e educador físico. As duas sedes (Curitiba e São José dos Pinhais) têm a proposta de oferecer um outro olhar da recuperação da saúde, mais humanizado e personalizado de acordo com as necessidades e demandas do paciente, a fim de facilitar a sua inserção na sociedade. Além de garantir qualidade no tratamento, por meio de um processo padronizado em que o paciente encontra todas as terapias no mesmo local e de forma integrada, o Centro conta ainda com a experiência de suas sócias, a terapeuta ocupacional Syomara Cristina Smidiziuk e a fisioterapeuta Mariana Krueger, uma das primeiras profissionais capacitadas para a aplicação da técnica de Neuromodulação Transcraniana na Região Sul. A sociedade é complementada por Canrobert Krueger, engenheiro de computação e administração. 

Notícias relacionadas:

Equipe multiprofissional adapta sala de aula e ajuda menino a enxergar melhor

 

Entre em contato

Tic Tag Comunicação & Educação Acessíveis - Prestação de serviços nas áreas de educação, editoração, comunicação e acessibilidade - Audiodescrição (AD) e Legendagem para Surdos e Ensurdecidos (LSE).