Blog

21 dez, 2018

Enfim, um ano dedicado aos estudos da Audiodescrição

Férias merecidas chegando!!! ☀️ 🍾 Segue textão, um diário de bordo do que mais me marcou esse ano!

Quero agradecer a todos os que fizeram o meu 2018 um ano especial! Família, amigos, parceiros de vida e de trabalho. Foi um ano transformador, de descobertas, de mudanças no pessoal e no profissional. Movimentos realizados em busca do que penso ser ideal para a minha vida e para o próximo. O mundo está em constante mudança e eu também! Às vezes dá vontade de relaxar, não levar a vida tão a sério, mas o que me move é maior do que o que me estagna.

*** Este foi o ano de muitos cursos no meu novo objetivo profissional: a Audiodescrição (AD), acessibilidade para pessoas com deficiência visual. O trabalho com a Dra. Andreza Lopes – Coach e Mentora foi essencial para criar uma nova marca e um novo site dentro desse novo foco profissional.

***Acompanhei a Acensia Brasil Acessibilidade Audiovisual, no Festival de Teatro de Curitiba, onde conheci o audiodescritor Diego Oliveira, que me impressionou com a Audiodescrição de uma peça infantil sem diálogos, além da sua brilhante AD na peça Boca de Ouro, no Teatro Guaíra.

*** Depois vieram os cursos de AD, na USP com a professora Ana Julia Perrotti-Garcia. Foram 5 sextas-feiras eu que eu viajava 12 horas para assistir 3 horas de aula. Valeu a pena o esforço! Depois comecei os cursos onlines com o curso da Azimuth e-Learning, com a professora Ana Julia.

*** Mais recentemente fiz o curso de AD com a professora Rosa Matsushita, em SP, curso de roteiro e locução em AD, e mais recentemente o curso de AD com a professora Marcia Caspary. Essencial para a formação em uma área como a Audiodescrição estudar as várias formas de trabalhar para depois ir construindo a própria identidade, buscando o que considera melhor de cada um.

*** Também fui aluna do Chico Faganello, no curso na UFSC sobre Acessibilidade no Audiovisual.

*** Atualmente estou cursando na Universidade Federal de Juiz de Fora, a especialização em Aperfeiçoamento em Audiodescrição, com a maior referência na área, a professora Livia Motta. O curso é voltado para a AD na Educação, área em que pretendo cada vez mais me especializar.

Seminário de Acessibilidade Cultural. Em semi círculo Lívia Motta, Marcia Caspary e Liliana Tavares.*** E o que dizer dos eventos e seminários? Eles são essenciais para estar em contato com que já atua na área e estreitar relacionamento com eles. No início do ano conheci o consultor de AD, Felipe Monteiro, no Seminário de Acessibilidade Cultural, em Florianópolis. Com tanto lugar para ficar em Floripa, escolhi me hospedar na ACIC Florianópolis, instituição que atende pessoas com Deficiência Visual e onde estavam hospedados os participantes do evento.

*** No mesmo evento conheci Raquel Carissimi, que estava audiodescrevendo as palestras e que para surpresa minha estava de mudança para Curitiba. Hoje, minha parceira de AD, sempre aberta para compartilhar seus conhecimentos, sua experiência, tirando minhas dúvidas e nós nos ajudando nas angústias e celebrando as conquistas. Muito ainda vem pela frente, parceira! No mesmo evento, assisti palestras e conversei com Marcia Caspary, Chico Faganello, Livia Motta e Liliana Tavares.

*** Voltando de Floripa, entra em contato comigo o consultor em AD, Manoel Negraes, indicado pelo Felipe Monteiro para sermos parceiros de trabalho. E assim foi, fizemos a Audiodescrição do curta metragem “Quando as coisas se desmancham” de Aristeu Araújo e o documentário Fronteiras, da talentosa Juliana Sanson, minha prima que tanto admiro!

*** Conheci também este ano o Nelson, consultor em AD, realizando com ele trabalho voluntário de Ad, na Biblioteca Pública do Paraná.

*** Tem ainda a Rafaela Quintino do Lineap, outra parceira que veio para crescermos juntas na área de acessibilidade.

*** Outro evento que destaco foi o III Alumiar, em Recife, organizado pela equipe da Liliana Tavares. Tomei café da manhã, almocei, jantei e caminhei na praia com os feras da AD.

*** Sem palavras para descrever o quanto isso me motivo a seguir e me inspirar em todas as pessoas aqui citadas. Terei que fazer um outro post para falar de outras atividades profissionais deste ano na área de educação e comunicação. Só alegria e se você leu até aqui, agradeço o carinho e a curiosidade em conhecer minha trajetória na AD. 2019 continua o aprendizado e dentro do meu ritmo com segurança e responsabilidade vou ampliando a minha atuação nessa área maravilhosa.

Um bom ano a todos, este site tem por objetivo em 2019 trazer reflexões dos cursos que continuarei fazendo, entrevistas com audiodescritores, consultores em AD, divulgação de eventos, conquistas, angústias e novidades no mundo da acessibilidade.

Entre em contato

Tic Tag Comunicação & Educação Acessíveis - Prestação de serviços nas áreas de educação, editoração, comunicação e acessibilidade - Audiodescrição (AD) e Legendagem para Surdos e Ensurdecidos (LSE).